Quatro tendências de negócios em meio a pandemia e como sair forte do COVID-19

Página Inicial
Covid-19 Metas Digitais

Quatro tendências de negócios em meio a pandemia e como sair forte do COVID-19

A pandemia do COVID-19 trouxe muita incerteza ao nosso mundo. As empresas fecharam temporariamente e, por outro lado, os pedidos online estão sendo realizados em ritmo acelerado. Tudo isso está gerando um grande impacto na economia mundial; o desemprego atingiu o nível mais alto de todos os tempos, e estamos todos nos esforçando para descobrir como nos adaptar.
Isso parece bastante assustador, mas nem tudo são más notícias para as empresas. Algumas estão realmente florescendo diante do COVID-19: supermercados, serviços de entrega, empresas de limpeza e até cinemas drive-in estão encontrando seu caminho no caos.
Sua empresa não precisa necessariamente se enquadrar nessas categorias para se manter à tona durante essa crise. A Metas Digitais está enfrentando esse desafio ao seu lado. Entendemos como é constante a mudança do marketing e como é vital manter os olhos atentos às tendências de negócios, especialmente durante o COVID-19. É por isso que estamos compartilhando 4 tendências de negócios que começaram a surgir desde a pandemia e dicas de como você pode se adaptar a esses tempos turbulentos.

1. “Essencial” tem um novo significado

Na maior parte da história, as necessidades essenciais costumavam se concentrar apenas nas necessidades fisiológicas. No entanto, desde o surto do COVID-19, “essencial” tem um novo significado. Essa nova categoria abrange brinquedos, itens para hobby, saúde e fitness, beleza e cosméticos e outros produtos especiais.
Produtos como esses estão crescendo porque agora os consumidores estão cuidando tanto da saúde mental quanto da saúde física. Como ficar em um ambiente fechado sem ter um efeito adverso sobre a saúde mental ? As pessoas procuram maneiras de relaxar e se divertir enquanto estão confinadas.

Como você pode agir

  • Atinja as pessoas certas. Em tempos de crise, aqueles que estão economizando ou têm renda disponível limitada são os menos propensos a procurar por coisas que não são consideradas prioritárias. 
  • Adapte sua mensagem de marketing ao momento. Seja sensível. Traga valor.
  • Mostre como seu produto pode ser benéfico durante o COVID-19. Por exemplo, se você administra uma livraria, pode criar mensagens incentivando as pessoas a ler durante o distanciamento social e até criar uma postagem no blog e redes sociais sobre os efeitos calmantes da leitura de um livro.
  • Fique conectado e se comunique com frequência. Mantenha os leads quentes até que os negócios voltem ao normal.
  • Mantenha uma imagem de marca genuína e um bom relacionamento com os clientes.

2. Impulsione no tráfego da Web

No geral, as visitas às lojas físicas no Brasil caíram significativamente desde meados de fevereiro de 2020. Não é surpresa que as pessoas sejam incentivadas a ficar em casa e as empresas sejam obrigadas a limitar sua capacidade na loja. Por outro lado, certos sites relataram um aumento no tráfego, pois as pessoas ficaram dentro de casa. Sites de saúde e bem-estar, páginas de receitas e comércio eletrônico que se concentram em itens essenciais estão aumentando mais.
Naturalmente, com todo esse tráfego aumentado, muitos sites estão vendo seus pedidos e entregas on-line dispararem.

Como você pode agir

  • Se você não tem uma presença online, agora é a hora.
  • Reforce suas presenças sociais com comunicação relevante e informações úteis. Concentre-se em agregar valor.
  • Avalie seu site atual. Como está o layout dele? Ele funciona? O site de uma empresa pode, por enquanto, substituir o papel de uma loja física por ser o centro do tráfego do consumidor. Sites não precisam ser sofisticados: um site com pouco conteúdo ainda pode ter um impacto impressionante quando você usa as ferramentas certas.
  • Oferecer opções de entrega – o famoso “delivery”. Na área de alimentos, mais e mais restaurantes se voltam para as opções de entrega, uma tendência que se acelerou em meio ao COVID-19.
  • Invista na automação de marketing para ajudar a gerar novos leads e gerenciar qualquer aumento de tráfego no seu site. A automação de marketing pode ajudá-lo a gerenciar algumas de suas tarefas mais demoradas, para que você possa se concentrar em todos os outros desafios que o COVID-19 pode oferecer a você.

3. COVID-19: O novo rei da busca

É natural que com o COVID-19 dominando o ciclo de notícias, ele também domine as pesquisas. A maioria das pessoas está procurando respostas para perguntas sobre como o COVID-19 está afetando sua vida, quais são as implicações médicas ou como uma determinada empresa está reagindo à crise, sendo assim, é natural que procurem essas informações em páginas de pesquisa na Web.
  

Como você pode agir

  • Mantenha abas no relatório de termos de pesquisa para saber como seu site está sendo afetado pelas tendências de pesquisa atuais.
  • Ofereça conteúdo de qualidade e atualidades da sua área em relação ao coronavírus para aumentar o tráfego na sua página da Web.
  • Se você estiver vendo um aumento em um site específico proveniente de consultas COVID-19 ou Coronavirus, considere adicionar novas palavras-chave negativas a essas páginas da Web, para que buscas confusas não cheguem à sua página por engano.
  • Crie conteúdo personalizado para responder a perguntas relacionadas ao seu negócio. Isso ajudará a permanecer visível e a se comunicar continuamente. Por exemplo, se você administra uma administração tributária, pode escrever um conteúdo sobre como a temporada fiscal é afetada ou como as pessoas podem procurar incentivos fiscais devido ao desemprego.

 

Mais Informações Clique Aqui.

Ou fale com um de nossos consultores. (31) 99773-8872

Compartilhar este post

Página Inicial
Open chat